5 métricas que você deve acompanhar no seu marketing digital

Estamos na era dos dados, do marketing digital, mas ter muitas dessas informações não significa conhecimento ou direção sobre o que fazer e para onde ir. Por exemplo, verificar a contagem de visitantes e os cliques na página pode ser divertido, mas esses números não lhe dizem como obter mais ROI da sua próxima campanha de marketing. É importante você aprender a visualizar as métricas corretas de marketing.
Se você está começando no marketing digital, vem aqui a recomendação: configure um painel de marketing, uma esquematização que agrupe os principais dados sobre como está o marketing de sua empresa – seja em um aplicativo de business intelligence autônomo ou diretamente dentro do seu software de automação de marketing ou mesmo usando uma planilha de Excel. Isso facilita o entendimento de suas métricas e permite análises de forma eficaz.
Se você estiver configurando um painel de controle pela primeira vez, verifique se essas cinco métricas estão na sua lista:

Fontes de tráfego.

O relatório de fontes informará quem vem ao seu site e de onde eles estão vindo. Este é um dos melhores recursos que você pode usar para determinar o valor de suas campanhas de marketing. O relatório de fontes pode variar de acordo com a ferramenta que você está usando mas, em geral, você pode esperar que um relatório inclua tráfego de pesquisa orgânica, referências, mídias sociais, marketing por e-mail, pesquisa paga, tráfego direto e fontes off-line.
Esta métrica pode ajudá-lo a melhorar seu marketing em várias áreas. Os dados de pesquisa orgânica mostrarão quais palavras-chave, plataformas de redes sociais e campanhas de e-mail direcionam o maior tráfego para seu site. Depois de começar a detectar padrões, você pode melhorar sua mensagem.
No Google Analytics, por exemplo, você consegue captar por meio de qual campanha específica a pessoa veio, por exemplo, usando os parâmetros UTM.

Alcance da mídia social.

Muitas empresas ficam desligadas da expansão de seu alcance social para mais seguidores. O objetivo mais importante é que seus seguidores se tornem leais, interagem com sua marca e responda aos seus CTAs, call-to-action, ou chamados para a ação, que nada mais é do que links que você põe como objetivo de clique daquele conteúdo.

A maioria dos painéis de marketing incluem uma métrica de mídia social que exibe tráfego mensal ou semanal. Quando você vê um pico no tráfego ou visualizações, analise o que você fez de maneira diferente naquela semana. Quais tipos de mensagens recebem mais tráfego? Quais são os tópicos populares? Acompanhe essa informação e use-a para melhorar sua estratégia de mídia social.

Taxas de cliques dos CTA.

Depois que alguém lê seu conteúdo, você quer que ele dê o próximo passo clicando em sua chamada para ação (CTA). A porcentagem de pessoas que clicaram em seu CTA em relação ao total de pessoas que consumiram seu conteúdo é a sua taxa de cliques. Esta métrica deve dizer quantas vezes cada CTA foi visualizado e clicado e com que frequência essas visualizações e cliques levam a novas ações, como se inscrever para uma assinatura, por exemplo.
Claro, nenhuma dessas informações significará muito se você não agir sobre isso. Olhe para as taxas de conversão mais altas e tente determinar o que leva ao sucesso. Foi a formatação? O que está escrito no botão? A colocação? A cor do botão? Fique atento a esta métrica, e você pode se adaptar para melhorar todas as suas mensagens CTA. Um dos motivos por trás de você acompanhar a métrica é conseguir mudar e ver se melhorou ou piorou o resultado, os famosos testes A/B.

Taxas de rejeição.

Sua taxa de rejeição, ou bounce rate, é a porcentagem de visitantes que sai do site depois de ver apenas uma página e sem interagir com ela. Ela deve variar ao longo do tempo, especialmente se você estiver tomando medidas para melhorar a qualidade do tráfego e as mensagens dos CTA. Se você notar um enorme pico ou uma queda em sua taxa de rejeição, dê uma olhada no que está acontecendo com seu conteúdo nesse dia.

A taxa de rejeição não tem sempre a ver com seu site em si, mas sim com a origem do tráfego. Por exemplo, se você publica em sua newsletter um texto falando que a pessoa vai aprender sobre maquiagem ao clicar no link, mas ela é redirecionada para uma página falando sobre calçados, é provável que a taxa de rejeição dessa página seja alta – porque elas não encontraram o que estavam buscando naquele momento. A mesma coisa com tráfego orgânico. Pode ser que você tenha um bom ranking para uma determinada palavra-chave e uma boa taxa de cliques, mas a sua página de destino não satisfaz a dúvida que as pessoas que pesquisaram por aquela palavra-chave possuem, então o seu bounce rate pode ser alto.

Uma taxa de rejeição mais alta no marketing digital pode significar que seu conteúdo precisa ser atualizado ou seus tópicos de postagem no blog não se alinham com suas tendências de busca orgânica. Em geral, uma taxa de rejeição alta ou baixa não lhe contará toda a história. Se você notar uma mudança repentina nesta métrica, comece a cavar para ver quais as tendências do tráfego que você pode encontrar.

Funil de vendas.

Às vezes temos tantos números que nossos softwares dizem para gente acompanhar que fica difícil extrair algo útil Isso é exatamente o que pode atrapalhar no acompanhamento das métricas no dia-a-dia ou a semana. Em uma linha geral, você deve acompanhar o progresso do seu funil de vendas – e isso vai variar de acordo com cada negócio e clientes e estará refletido nas métricas que você deve acompanhar no seu marketing digital. Leva um tempo até você entender o que verdadeiramente importa e o que não importa tanto.
Você também pode usar essa métrica para comparar metas de mês a mês para ver como suas mudanças afetam sua estratégia de marketing no longo prazo. Você deve ter o hábito de revisar e atuar sobre essas métricas a cada semana. Manter um olho em seu painel e adaptar sua estratégia em conformidade fará de você um comerciante mais ágil e um departamento mais lucrativo.

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado.